quinta-feira, 20 de julho de 2017

Emissão Arcebispos de Braga com erro grave!


A recente emissão filatélica (lançada a 7 de julho), dedicada aos Arcebispos de Braga, tem um erro grave. As imagens dos selos dedicados a São Frutuoso e a São Martinho de Dume estão trocadas!
Um filatelista chamou a atenção para o erro, nas redes sociais dos CTT e a resposta não foi menos surpreendente: "Por lapso as legendas dos selos dos Arcebispos S. Martinho de Dume e S. Frutuoso encontram-se trocadas na 1ª série que dedicámos aos Arcebispos de Braga. Pedimos desculpas a todos pelo acontecido e informamos que os selos em causa serão repetidos com as legendas corretas na 2ª série que dedicarmos a esta temática."
Eis as fotos dos quadros da Galeria de Arcebispos, em Braga, que serviram de base aos selos, e em que se nota o erro:



À vossa consideração e comentário esta decisão dos Correios.

Lançamento do selo do Pastel de Tentúgal

Decorreu no dia 17, em Tentúgal o lançamento do selo dedicado ao Pastel de Tentúgal, da nova emissão base, dedicada a aos "Doces Tradicionais de Portugal", com valor facial de €0,80 (taxa de correio normal para a Europa).
A SFAAC esteve presente e fez a reportagem fotográfica:

O homenageado Pastel de Tentúgal

Raul Moreira, diretor de filatelia dos CTT, a apresentar o selo

Olga Cavaleiro, grã mestre da Confraria da Doçaria Conventual de Tentúgal a obliterar uma peça filatélica

A mesa de honra do evento

A janela do convento de onde as freiras que inventaram os pasteis viam o mundo

O carimbo, sobre selo normal
O carimbo comemorativo sobre selo autocolante

domingo, 9 de julho de 2017

Selo corporate com ligação a Coimbra

Os CTT - Correios lançam amanhã, dia 10, a emissão "Árvores do Mediterrâneo", dedicada a 4 árvores autóctones da região mediterrânica, com ênfase particular, no nosso país: sobreiro, catapereiro (também conhecido como pereira-brava), medronheiro e oliveira.
Este último selo, de valor facial de €0,85 vai ter um selo corporate (com selo anexo sem valor, com publicidade) da marca de azeite Principal, da empresa com origem em Coimbra, Idealdrinks.



Segundo a marca, o azeite Principal é um "azeite complexo, frutado de azeitona verde e madura, ligeira a medianamente amargo e picante, com notas marcadas de verde folha de oliveira, erva fresca e giesta e de outros frutos, nomeadamente maçã, amêndoa, tomate e banana verde, atributos que permitem uma utilização gastronómica diversificada. Bastante persistente na boca."


Emissão Indústria Conserveira de 2016 ganha 1º prémio do WIPA Grand Prix

A emissão dedicada à Indústria Conserveira Portuguesa, de 2016, ganhou o 1º prémio do WIPA Grand Prix, realizado em Viena, Áustria,  há poucos dias.





A emissão, composta por 6 selos, teve o design da responsabilidade do Atelier Pendão & Prior.
Recorde-se ainda que esta emissão foi distribuída numa lata de conserva.

Parabéns aos CTT - Correios de Portugal.

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Horário de abertura de julho

Estimados Sócios

HORÁRIO DE ABERTURA


JULHO 2017

Quintas-feiras – 6, 13, 20 e 27
das 14 às 16h.

Sábado – 22 
das 16 às 18h.



Qualquer assunto contacte-nos para:
962516942
filatelica@academica.pt


Saudações Académicas e Filatélicas
A Direcção

sábado, 1 de julho de 2017

Faleceu Vasco Berardo

O artista plástico conimbricense Vasco Berardo faleceu hoje.
Foi pintor e escultor, mas também um ilustre medalhista, com cerca de 500 medalhas na sua vasta obra. Podem ver algumas das suas medalhas, relacionadas com Coimbra, mais abaixo.
Vasco Berardo tinha 83 anos e viveu nos últimos anos numa residência sénior no concelho de Condeixa.
À família enlutada, a SFAAC endereça o seus sentidos pêsames.






O artista no seu atelier, preparando o molde de uma medalha, em 1989. Fonte: http://encontrogeracoesbnm.blogspot.pt/2013/07/mural-neo-realista-de-vasco-berardo-no.html

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Cromos da AAC: Remates d'Oiro 1987/88


6 cromos da coleção: Remates d'Oiro da época 1987/88. Editora: Saqueta. Caricaturas de Jorge Rosa.
Jogadores da Académica (AAC-OAF). Coleção da SFAAC

Na época 1987/88, a Académica ficou em 16º lugar do Campeonato Nacional da 1ª divisão, com 33 pontos, tendo descido de divisão (desceram 6 clubes: O Elvas, Académica, Varzim, Rio Ave, Salgueiros e Covilhã).
O médio Germano jogou 7 jogos, Quinito 37 (de 38) tendo sido o melhor marcador da equipa com 6 golos, o marroquino Mounsif não chegou a jogar nessa época (e só fez 1 jogo na época anterior) tendo sido transferido para França, o avançado escocês Barry jogou 27 jogos, o também avançado Eldon, brasileiro, fez 23 jogos e 5 golos, e finalmente Pedro Xavier também com 5 golos, fez 34 jogos.
Fonte: zerozero.pt

Filexgaya 2017 em Aguda, Vila Nova de Gaia

O Clube de Coleccionadores de Gaia e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Aguda organizam a mostra Filatélica: “Filexgaya 2017” e a mostra de Postais Ilustrados antigos: “Cartogaya 2017”, de 1 a 16 de julho, a ter lugar no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários da Aguda, Vila Nova de Gaia.
As mostras têm o seguinte horário:
Abertura: 1 de Julho (10h00/18h00) com posto de correio com selo, postal e carimbo comemorativo (ver abaixo).
Inauguração oficial: 1 de Julho (16h00)
Horário: 2 a 16 de Julho (15h00/18h00)

No dia 8 de julho das 10h00 às 18h00 no Parque de Máquinas dos Bombeiros Voluntários da Aguda, realiza-se uma Feira de Colecionismo, integrada no mesmo evento.


Estas mostras contam com os apoios da Câmara Municipal de V. N. de Gaia, Federação Portuguesa de Filatelia, CTT – Correios de Portugal, Junta de Freguesia de Arcozelo e outras entidades.


domingo, 25 de junho de 2017

Cromos: Futebol 1ª Divisão 84-85

3 cromos: Vitor Nóvoa (197), Álvaro (206) e Ribeiro (207)
Caderneta: Futebol 1ª Divisão 84-85
Edição: Disvenda
Coleção da SFAAC

Nesta época (1984/85) a AAC ficou em 7º lugar na 1ª Divisão Nacional. O guarda-redes Vitor Nóvoa fez 12 jogos (João Marrafa foi o mais utilizado), Álvaro, avançado brasileiro, fez apenas 4 jogos e Ribeiro fez 32 jogos e marcou por 13 vezes. Fonte: zerozero.pt

domingo, 18 de junho de 2017

Portugal no índice UPU de Desenvolvimento Postal

A UPU - Universal Postal Union (União Postal Universal) publicou o Índice Integrado de Desenvolvimento Postal (Integrated Index for Postal Development) da UPU (2IPD) relativo ao ano 2016.

Segundo o seu site, "é um índice composto que fornece uma visão geral do desenvolvimento postal em todo o mundo", analisando 170 países.
Este índice consiste em dados da UPU, incluindo os chamados Big Data, p. ex. mais de 3 biliões de registos de rastreamento verificados e analisados, estatísticas oficiais e inquéritos da UPU. Segundo a entidade, os dados surgem "da maior integração de dados jamais realizada para medir o desenvolvimento dos serviços postais na escala global".
Uma análise dos dados resulta numa pontuação de desempenho de benchmarking (0 a 100) ao longo de quatro dimensões-chave do desenvolvimento postal: confiabilidade, alcance, relevância e resiliência.

Neste ranking, Portugal, através da sua empresa CTT - Correios de Portugal, apresenta-se na 58ª posição com apenas 47.84 pontos (a mesma pontuação do Vietname).
Portugal, considerado no grupo "Países industrializados", é o último classificado nesse grupo, bem abaixo da média de 67.40, estando abaixo da pontuação positiva de 50, e por exemplo abaixo dos 55 pontos do Brasil ou dos 54.98 de Espanha, sem comparar com os 100 pontos da Suiça, 94.75 da França ou 94.09 do Japão (3 primeiros classificados).
Refira-se ainda os 0.00 (único com esta pontuação) dos Correios de São Tomé e Príncipe (170ª posição e última),  os 7.43 de Moçambique (165º), Cabo Verde com 36.71 (83º) e Angola com 26.90 (105º). A Guiné Bissau não foi considerada neste Índice.

Este estudo está disponível no site da UPU. Nesse documento estão explicados, de forma sucinta os critérios para obtenção deste ranking.

Confessamos a nossa estupefacção pela classificação da empresa portuguesa, não deixando no entanto de revelar muitas das críticas e da clara diminuição da qualidade do serviço dos CTT nos últimos anos. Para análise e ponderação de todos.